quinta-feira, 15 de outubro de 2015

A Morte Veste Roxo (João Marciano Neto)

A Morte Veste Roxo (João Marciano Neto)

O que falar deste livro...Com certeza entrou pra minha lista de favoritos.

Alberto, é uma pessoa comum, com uma rotina extremamente comum, sua vida está resumida sempre nas mesmas coisas, do trabalho para casa, da casa pro trabalho. Até que um dia ela começa a tomar um rumo totalmente diferente, tudo após ser demitido de seu emprego, mas não é falta dele que fara sua vida tomar um rumo diferente, é o que acontece depois disso.

"A primeira reação de Alberto foi uma risada nervosa, depois sua pele ficou pálida e seu almoço tentava retornar pelo esôfago. Ele levou as mãos ao rosto e esfregou os olhos, pensando que talvez fosse alguma brincadeira sem graça, entretanto logo viu pela seriedade de seu chefe que não era. Lágrimas brotaram em seus olhos, Alberto tentava juntar palavras para compor uma frase decente, mas tudo que conseguiu dizer foi:
- Como?" pág. 07


Cabisbaixo ele volta para casa, só que naquela mesma noite, uma visita inesperada chega até ele, uma jovem, vestida de roxo e preto, que se apresenta como ninguém menos que a "morte".

"Os dois se encararam por um tempo. Ela terminou de tomar sua bebida e atirou a caneca contra a parede, a espatifando em milhares de pedaços, depois lançou um sorriso divertido para Alberto e disse:
- E ai. Cara difícil você, sabia?" pág 09


"- Sabia que esse dia chegaria! - falou balançando o bastão. - Espero que todos esses anos de filmes de zumbi tenham valido a pena" pág. 18


Ela o convence de fazerem um acordo, ou melhor um "Pacto", já que Alberto estava com a sua vida por um fio, mas como não havia gastado sua vitalidade, não poderia ser morto. Será que tudo sairá conforme o acordo?

A solução é simples, Alberto é aprisionado num corpo morto vivo, e junto de seu amigo nerd Matheus, o qual ele não suporta, viverão o máximo que puderem, para tentar compensar o tempo perdido, mas nem tudo sai como o planejado, muitos espíritos malignos entram no caminho dele.

"Bruno temia que mãos fantasmas gigantes saíssem da TV e o arrastasse para o além, como certa menina em um filme dos anos oitenta. O ambiente parecia ter esfriado, a iluminação da rua piscou várias vezes antes da voz amigável lhe chamar com mais clareza e mais alto." pág. 154

Uma jornada começa, uma aventura diferente de tudo aquilo que já li, uma originalidade incrível.

******

Já vou começar a resenha, dizendo o quanto gostei deste livro, e quanto merecido é todos meus elogios ao autor, minha nota é 5. Mesmo constantemente encontrando erros de revisão, isso não abalou me nada minha leitura, e só tenho a dizer que o mundo que João criou é realmente fantástico. Todos deveriam conhecer aquele cenário, conhecer toda a história de Alberto, e assim com eu acabar me divertindo muito.

O livro trás não só suspense, mas também humor, trás algo característico, e quanto mais você se aprofunda nele, com mais vontade de conhecer o desfecho você fica, tenho que dar os parabéns ao autor, e dizer que o que ele me proporcionou foi algo ótimo, e que quero poder vivenciar isso muitas vezes.

Antes de finalizar, queria pedir muitas desculpas ao autor pela demora da resenha.

Quem quiser adquirir o livro, clique aqui.




Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo