domingo, 30 de outubro de 2016

Senhores dos Sonhos (Raquel Pagno)


Resultado de imagem
Lorena é uma adolescente comum, com uma rotina extremamente convencional, passa por problemas escolares, problemas familiares já que perdeu seu pai. Mas tudo começa a tomar um rumo diferente, uma série de sonhos ou melhor de pesadelos a deixa completamente abalada. O curioso nesses seus constantes sonhos se da pelo aparecimento de seu odiado colega de turma Hank Hirano, a antipatia entre os dois é clara, mas ela não consegue entender o motivo dele sempre assombrar seu sono. Mas, o porque daquele garoto aparecer em seus sonhos? qual a ligação?
Para piorar, Lorena está com a média baixa em Biologia e Hank é designado para ajudar ela com a matéria, só a presença dele já a faz ter agonia, agora terão que ocupar seu tempo estudando juntos, mas algo nele a faz mudar de figura, parece que Hank tem os mesmos sonhos. Mas aquilo não fazia sentido, afinal nada fazia sentido.
Quanto mais se aproximam, mais mistério surge, os sonhos agora parecem ser mais reais, Hank não parece ser assim tão chato assim, e uma estranha organização dos Senhores dos Sonhos aparece em sua vida, seres mitológicos conhecidos como Kitsunes também existem, e essses dois ficam cara a cara, quem será que realmente está falando a verdade?
Uma trama de tirar o folego surge, muita ação vai tomar conta da pacata vida de Lorena, revelações, coragem, ambições, muitos elementos tomão forma e nos fazem ficar louco a cada capitulo.
Irei começar falando que adorei a escrita da Raquel, uma escrita que realmente me surpreendeu bastante.
Houve diversos momentos em que eu fiquei em dúvida em que lado confiar, e quanto mais a história ia se desenrolando mais dúvida eu ficava em qual das partes haviam boas intenções, alem dos personagens, em momentos havia personagens que eu jurava ser vilão, criava até uma certa antipatia, e no final ele me surpreendia fazendo algo bom.
Realmente é uma leitura leve, por conta de ser curto acaba se tornando uma leitura rápida, a escrita flui, mas a algumas coisas que me incomodou, como por exemplo o excesso da palavra "Baby" em que o personagem se referia a Lorena, as vezes se tornava um pouquinho chato, mas é apenas um detalhe, nada que vá fazer você não gostar dos diálogos entre os personagens.
A edição está bem bonita, a autora está de parabéns, gostei muito da leitura e gostaria muito de ler mais publicações da autora. 
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo