quarta-feira, 30 de março de 2016

MISTÉRIO NA CASA DA RUA SEVERIN VOL 2 (LÉO OTACIANO)



Mais uma obra do autor Leo Otaciano aqui no blog, desta vez "Mistério na Casa da Rua Saverin - O Retorno ao Solo Maldito", o segundo volume da trilogia.

Sinopse:
Acompanhamos na obra anterior a caminhada de Érico Hurz em busca de respostas sobre os assassinatos dos membros de uma família de origem polonesa, moradores do município de Caçador, Santa Catarina, desde a década de 70. Ao fim do enredo e iniciando este segundo volume, Érico e Brendon recebem novos chamados estranhos e persistem em ignorá-los por alguns anos, porém, Brendon, se achando sufocado por terríveis pesadelos, resolve creditar os avisos e instiga o irmão para que retornem ao temível cenário do assassinatos. Atos macabros acontecem na localidade e os jovens novamente participam efetivamente dos acontecimentos. ''Até quando és capaz de fugir do maligno?''.

Autor: Léo Otaciano
Número de Páginas: 174
Formato: 14x21
Editora: Independente

Links do Livro:
Site Clube dos Autores: (Clique Aqui)
Página do Autor no Facebook: (Clique Aqui)
Skoob: (Clique Aqui)
O Autor também possui um blog, onde posta textos relacionados a sua obras e resenhas (Clique Aqui) e descubra mais sobre o Léo. 

Mais Sobre o Autor:
Léo Otaciano é Técnico em informática, designer e autor. Atualmente dedica seu tempo livre como blogueiro, além de ser um incentivador da leitura de nacionais. 
Mora no Rio de Janeiro, ama livros e publica desde 2011. É apaixonado por Terror e Infanto Juvenil, mas também ama suspense e ficção. Até o momento já tem publicado 6 títulos, e seu último lançamento foi intitulado de o "Mistério na Casa da Rua Saverin - O Retorno ao Solo Maldito", que deu sequência a trilogia.
É o cara por trás do blog Marcas Literárias, um blog onde você encontrará assuntos variados à literatura em geral. 



segunda-feira, 28 de março de 2016

O+ (Caian Marques)

Carlos é um jovem rapaz, um rapaz comum, que como em toda manhã quando se acorda, prepara seu ritual, deixar sua cama e se preparar para a simples rotina. Mas este não era um dia comum, uma marca de sangue pinta a parede, sua visão o surpreende, como poderia estar acontecendo aquilo? Uma cena que jamais vai conseguir retirar de sua cabeça. Como poderia? Afinal sua mãe estava comendo seu pai vivo, um banquete nem um pouco habitual. Assustado pela cena, paralisia foi seu único refugio, seria mais um alvo fácil, se não foce a atitude dela, em um flash de humanidade, ela o coloca contra a parede e o manda fugir.
"E na cozinha, uma visão que deixa qualquer jovem assustado se mostrou para mim: minha mãe segurava a cabeça do meu pai nas mãos como uma fruta, lambendo-a e arrancando suas carnes." Pág. 09
Agora vivendo nesse mundo, um mundo apocalíptico e sem insanidade, sobreviver é seu foco, encontrar um caminho se torna apenas uma distopia. O que seria aqueles seres? Porque alguns se mostram tão inteligentes? Afinal eles não seriam zumbis, seres sem escrúpulos movido pela fome. Parecia que estes não.
"É previsível uma longa caminhada. O prenuncio de dias de temores e de calafrios vem com o vento. O medo da morte é inerente á mim como á mim como a consciente vida. Normal. Mas quer saber, o perigo de lidar com os escarneadores é o que deixa a vida mais divertida. Pois como diziam os poetas da vida; "Medo da morte não nos impede de morrer, mas sim de viver". E faço agora do clichê um lema. "Viver cada dia intensamente!" " Pág. 82
Pessoas se envolvem em seu caminho, seus desejos as vezes o atrapalha e se mostra um grande empecilho. Seria ele capaz de suportar toda aquela loucura? Seria ele capaz de encontrar a sua humanidade?

*****

Gostaria de fazer uma resenha um pouco diferente das habituais, queria alem da resenha, poder descrever pontos e sugestões para o autor, caso ele lance futuramente uma nova edição.
Com uma narrativa em primeira pessoa, o livro se mostra com uma ótima ideia, talvez falte algumas coisas, mas a leitura não me decepcionou, posso até afirmar que foi uma leitura boa, muito disso foi pelos avisos do autor, que desde o começo me deixou claro, que o livro tinha sido lançado de uma forma muito independente e contendo alguns certos descuidos. Por isso quando o recebi, e comecei a ler sabia que não se tratava de uma obra passada por vários profissionais, e sim como um autor determinado tentando mostrar sua ideia, acreditando em seu sonho, e não para tentar conseguir fama e dinheiro, muito pelo contrario, aliás isso é quase impossível para um escritor nacional.
Eu vi seu livro pela primeira vez em um grupo no Facebook sobre o autor André Vianco, nele Caian estava oferecendo seu sonho sem pedir nada em troca, estava enviando um pedaço de sua luta para completos desconhecidos, sem obter nenhum centavo. Eu como adoro conhecer os talentosos autores que possuímos, entrei em contato com ele, que aliás foi muito humilde e me enviou uma cópia. Minha forma de agradecimento está aqui, meu muito obrigado.
Agora mudando o assunto, vou citar alguns pontos positivos e outros negativos da obra. Como eu havia falado o enredo é de uma ótima ideia, mas senti falta de alguns aspectos como os detalhes para desenvolver as cenas, em muitos momentos não consegui desenvolver aquela ideia que o autor gostaria de me passar. A escrita também ficou muita direta, principalmente no começo, sendo perfeita para um conto por exemplo, que não se apega tanto a detalhes, mas não quero dizer que a escrita está ruim, apena percebi isto.
Algo que achei bem legal, pelo menos para mim, mas sei que tem muitas pessoas que não gosta, foi a "taradeza" dos personagens, mas com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, os hormônios ficam a ponto de explodir, isso é um acerto do autor na minha opinião, acabou dando certo contraste, mas quando colocada de forma correta, após haver o exagero já começa a se tornar algo forçado, por isso queria chamar a atenção dele, porque algumas vezes tinha cenas desnecessárias.
O meio para o final é o ápice, pois é nesse período que acontece grande parte da trama, antes a escrita fica um puco enrolada, e não flui tanto.
A capa sem dúvidas é uma é das coisas que mais gostei, uma bela capa, aliás não tão bela assim kkk, mas para o contexto está perfeita, quanto a diagramação também está boa, o que faltou mesmo foi uma boa revisão, arrumar alguns trechos com a ortografia correta, mudar algumas palavras, são pequenos detalhes que iriam enriquecer a história, por isso dou meus mais sinceros apoio para o Caian relançar a obra.
Antes de terminar queria dar meus parabéns, pois o personagem principal, que geralmente é o mocinho cheio de qualidades, aqui se encontra totalmente o oposto, Carlos é completamente egocêntrico e egoísta, só pensa nele, nos fazendo criar certa antipatia. Mas em meio a um apocalipse zumbi, quem manteria a sanidade, não é mesmo?
Para finalizar, dessa vez optei por não dar uma nota, torço para que eu consiga de alguma forma contribuir para ele como escritor, porque talento e comprometimento ele tem e isso eu admiro muito. 


quarta-feira, 9 de março de 2016

Horror na Colina de Darrington (M.V. Barcelos)

Você acredita em fantasmas ou apenas pensa que tudo isso não passa da imaginação das pessoas?
Ben é um rapaz de 17 anos criado em um orfanato, que é convidado por seu tio para passar um tempo em sua casa cuidando de sua prima Carlinha, já que sua tia está seriamente debilitada da saúde.
Certo dia se acorda de madrugada para beber algo, sua vida mudaria para sempre a partir dai e ele nem fazia ideia. Carlinha vidrada olhando para o teto, o fala de uma mulher que supostamente estaria amarrada acima dela, tristemente enforcada, poderia ser imaginação de uma mente fértil e inocente, se ele também não presencia-se o mesmo. Ben então então acorda assustado sem saber se era verdade, poderia ser um sonho, mas estava tão vivo em sua cabeça, teria que ser real.

"Olhei por alguns instantes para as caretas que ela fazia e foi como um balde de gelo caindo sobre mim quando tudo passou a fazer sentido. Não eram caras engraçadas. Ao olhar para a expressão que ela imitava, arregalando os olhos e a boca, sugando o ar, ficou nitido. Era a exata expressão de alguém sufocando. E, com certeza, não eram tranças no pescoço da moça. Quando olhei para cima, minha mente fez seu trabalho e meu coração disparou. Era uma corda." Pág.13

O inferno toma conta de sua vida a partir dai, sobrenatural se mistura com o medo, coisas impossíveis acontecem, e até mesmo o que você enxerga pode ser fruto de todos os seus mais obscuros pesadelos.

"E para protegê-la, pensei, enquanto encarava a entrada escura para o porão de mãos dadas com a Carlinha, eu iria até o inferno se fosse necessário." Pág. 35

Até onde alguém pode chegar em busca de suas ambições, até onde a mente humana pode suportar o inimaginável, ou até onde você lutaria por alguém que ama? A vida deles nunca mais será a mesma, até o porque aquela casa esconde tantos segredos?
Entre nessa trama, e descubra todas essas perguntas.

****

Um livro que surpreenderá qualquer leitor, cheio de reviravoltas e emoções, M.V. Barcelos usa de uma escrita fácil e sem se tornar cansativa, os detalhes para descrever as cenas são incríveis é um roteiro pronto para ser rodado, fiquei imaginando as cenas como se fossem um filme, o livro da essa sensação. A narrativa em primeira pessoa foi o diferencial para mim, porque se torna mais fácil de intender o que o personagem principal está passando.
A edição nem comento, aquela capa, e as folhas todas detalhadas e escuras, de um perfeccionismo. Muito capricho empenhado nele mesmo.  
O maior defeito do livro eu afirmaria ser por conta de ser curto demais, da para devora-lo muito rápido, assemelha-se a um conto, mas com uma qualidade enorme, deixa aquele gosto de ''quero mais'', espero muito por novos lançamentos do autor uma continuação também não seria nada ruim.
O que me deixou um poco incomodado talvez tenha sido um pequeno detalhe, a história se passa em uma região dos Estado Unidos, mas os nomes são bem típicos do Brasil, mas como eu havia falado isso é apenas um detalhe nesse rico cenário.
Com toda certeza o autor merece minhas cinco estrelas, tem um futuro brilhante pela frente, afinal como diz o Léo do "Marcas Literárias", nacionais também merecem prestigio, e esse com certeza merece muito. 

segunda-feira, 7 de março de 2016

Mistério na Casa da Rua Severin Saverin (Léo Otaciano)

Obra do grande escritor Léo Otaciano, em breve será relançado dessa vez pela grande Editora Percurso, que está de vez apostando nesses novos talentos, meus parabéns ao autor, espero que este seja apenas um passo para todo o sucesso que você merece. 

Sinopse:
A história se passa em fevereiro de 1987. É uma exposição das memórias de Érico Hurz, um jovem complicado que aos quatorze anos, em razão das últimas discussões com o pai, foi mandado para a casa de Bárbara Retten, sua tia, moradora da cidade de Caçador, Santa Catarina, para passar o restante do verão. Érico e a irmã Kethelyn, jovem de dezesseis anos que partiu com o irmão para as férias forçadas de 1987, conhecem os seus primos Brendon e Michael Retten, irmãos de doze e quatorze anos que escondem dolorosos maus-tratos de infância. Bárbara e os guris trabalhavam na lavoura do senhor Lhidvan Severin, austero polonês e detentor das grandes economias da cidade naquele tempo. Érico conhece a linda Abigail Bardini, grande amiga de seus primos e apaixona-se a primeira vista. Michael torna-se ''o elemento principal'' da obra por saber demais sobre os homicídios da família Severin. Tempos depois, ao perceber que é vigiado pelos fantasmas dos poloneses, o esquisito e oportunista Michael envolve os demais em um jogo urdido conduzindo-os diretamente à casa velha e abandonada da Rua Severin. Coisas estranhas e sobrenaturais começam a acontecer embrulhando-os cada vez mais dentro do mistério. Os jovens conseguirão descobrir quem foi o assassino cruel capaz de matar os Severin anos atrás?

Autor: Léo Otaciano
Número de Páginas: 177
Formato: 14x21
Editora: Independente

Links do Livro:
Site Clube dos Autores: (Clique Aqui)
Página do Autor no Facebook: (Clique Aqui)
Skoob: (Clique Aqui)
O Autor também possui um blog, onde posta textos relacionados a sua obras além de resenhas (Clique Aqui) e descubra mais sobre o Léo. 

Foto -Leonardo Otaciano
Mais Sobre o Autor;
Nascido e criado no Rio de Janeiro, Leonardo Otaciano tem, desde garoto, um gosto profundo pela literatura. Pensou sempre em escrever histórias e começou cedo, aos dez anos. Suas publicações vieram em 2013 e tornaram-se frequentes a cada ano. Escreveu ''O Eterno Menino'' e no ano seguinte ''Gabriel, a Ladeira, o Pimenta'', obras da literatura infanto juvenil, o seu gênero preferido. Na sequência, publicou ''Mistério na Casa da Rua Severin, Volume 1, A História dos Desconhecidos'', uma trama repleta de suspense e assassinatos, dando início a Trilogia ''A Rua Severin'', que está sendo escrita aos poucos, o Volume 2 é seu atual lançamento, intitulado de ''Mistério na Casa da Rua Severin, O Retorno ao Solo Maldito''. Em junho do ano passado publicou mais um para a sua coleção ''Benjamin Litter'', romance social. Léo é publicitário, flamenguista, Aeromaníaco (fã da banda Aerosmith) e se considera divertido. Atualmente reveza o tempo entre o trabalho, o filho, os livros e a malhação.



Comunicado Importante Sobre o Futuro do Blog!!!

Comunicado Importante Sobre o Futuro do Blog!!!
Olá leitor, como vocês já devem ter percebido o blog a algum tempo não faz resenhas, começamos assim e não queríamos perder nossa essência, então como estamos focados na Literatura Nacional, gostaríamos de salientar que resenhas de obras nacionais irão aparecer por aqui quase que semanalmente, então se você é autor não precisamos ser parceiros, nem precisa me ceder livros para resenhas, temos projetos para levarmos sua obra a todo tipo de leitor, então converse com a gente, nosso email é; cafelivroseseries@outlook.com ou via inbox também estaremos dispostos a conversar e divulgar sua obra, não irá lhe custar nada, fazemos isso por amor a literatura. A partir de amanhã já poderá ser disponibilizado uma resenha, então fique atento e não perca a oportunidade de conhecer novos e talentosos autores.
Outro ponto importante, é que a partir do dia 27 de Abril o blog irá seguir um ritmo mais lento, pois apesar do jeito que falo, trabalho com o blog sozinho, e irá se iniciar minhas aulas, me impossibilitando ter tempo para me dedicar exclusivamente ao blog.
Espero ter a compreensão de vocês leitores, e a vocês autores espero poder divulgar sua obra, resenhar, ler, etc. espero poder ter a confiança de vocês.
Os meus mais sinceros obrigados a todos que leram até o fim.



Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo